Parreira comenta planejamento da Seleção para a Copa

29/08/2013 - 18:28
Em evento realizado pelo COB, diretor técnico da equipe nacional falou também sobre a experiência de jogar em casa durante a Copa das Confederações

Heitor Vilela/ COB# O diretor técnico da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira, participou, nesta quinta-feira (29.08), do VIII Fórum Internacional sobre Esportes de Elite, realizado no Comitê Olímpico Brasileiro (COB), e falou sobre o planejamento da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo da FIFA 2014.

“A logística para uma operação tão complexa como o planejamento da Seleção brasileira para a Copa do Mundo dá muito trabalho. Uma série de fatores influencia na escolha do local de treinamento da seleção. Procuramos sempre colocar os atletas em um ambiente com segurança, privacidade e conforto. O planejamento começa sempre com um ano de antecedência. Temos que oferecer o melhor nível de excelência aos jogadores”, disse Parreira.

Segundo o treinador tetracampeão do mundo em 1994, jogar a Copa do Mundo em casa será um fator positivo para a equipe brasileira. “Tínhamos dúvidas se seria bom jogarmos no Brasil por causa da pressão, mas depois da Copa das Confederações vimos que será ótimo. A torcida estará do nosso lado e temos que desfrutar deste ambiente”, avaliou.

No evento, o planejamento do Time Brasil rumo aos Jogos Olímpicos Rio 2016 também foi apresentado pelo diretor executivo de Esporte do COB, Marcus Vinicius Freire.

Fonte: COB

Notícias Relacionadas

As duas equipes se enfrentarão em Singapura. Este será o quarto jogo do Brasil neste segundo semestre
+
Taffarel será o preparador de goleiros, enquanto Mauro Silva ocupará o cargo de assistente técnico, criado para ser rotativo. Andrey Lopes será o auxiliar
+
Coordenador geral de seleções, Gilmar Rinaldi, confirmou que o Brasil será comandado pelo treinador da equipe de base, Alexandre Gallo, nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Novos membros da comissão técnica serão anunciados em breve
+
Aeroportos, segurança pública e atrativos turísticos têm mais de 80% de aprovação entre os profissionais de imprensa
+