Perspectivas culturais para o Mundial em debate

11/08/2011 - 16:56
Seminário Megaeventos Esportivos, em Brasília, discute legado cultural, estratégias para promoção da diversidade brasileira e inclusão dos cidadãos no projeto da Copa do Mundo de 2014.

 

A ministra da Cultura, Ana de Hollanda, abriu o seminário "Megaeventos Esportivos - intercâmbio de experiências culturais", nesta quinta-feira (11.08), em Brasília, destacando a organização para a Copa de 2014 e como o Brasil está se impondo, com autonomia, frente aos desafios colocados para sediar os grandes eventos dos próximos anos. O seminário tem como objetivo a formulação de estratégias culturais para o país, a partir do impulso dado pelas competições.

Também participaram do evento os ministros do Esporte, Orlando Silva, e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros, além de representantes de Barcelona (ESP) e da Cidade do Cabo (AFS), para o intercâmbio de experiências internacionais e gestores de várias regiões do país.

“A cultura se define de várias formas. Ela mexe com os valores, a identidade, a autoestima e a cidadania. O esporte é parte desse conjunto cultural e queremos que os megaeventos sirvam para que os cidadãos sejam e se sintam incluídos nesse processo. É uma oportunidade não só de pensarmos o Brasil que vai receber os turistas, mas de nos conhecermos melhor”, ressaltou a ministra Ana de Hollanda.

Multiplicidade

O ministro Orlando Silva participou da mesa de abertura e destacou a multiplicidade das dimensões culturais que envolvem a Copa e a oportunidade que o evento dá para o Brasil mostrar seus valores. “Boa parte dos turistas virão motivados não só pelos jogos, mas pelo contato com a nossa diversidade cultural. Essa diversidade é um elemento distintivo do país para outros povos”.

A ministra Luiza Bairros frisou que a Seppir está trabalhando para que a questão da inclusão racial seja promovida com a vinda do Mundial. “A cultura tem sido entendida de forma mais ampla, com o tema da igualdade racial e de gênero sendo incluído no debate. Podemos produzir uma cultura política que valorize a inclusão e a igualdade como aprofundamento da democracia”.

O seminário Megaeventos Esportivos – intercâmbio de experiências culturais – segue a programação, nesta quinta-feira, com a mesa “Perspectivas para a cultura brasileira em Megaeventos esportivos e a Copa 2014” e com reuniões dos quatro Grupos de Trabalho (GT). Na sexta-feira (12.08), além do encerramento dos trabalhos dos GT’s, haverá a mesa “Relação federativa e sociedade para a Copa 2014”.

Notícias Relacionadas

Público pode criar versões de sucessos antigos e conhecer os hinos das 32 equipes que iniciaram o Mundial no Brasil
+
Irmãos Alan e Lula Marques registram as obras, o trabalho dos operários e o ambiente dos primeiros jogos disputados na arena de Brasília
+
Apesar de os jogos do Mundial já terem terminado na cidade, muitos estrangeiros ainda desfrutam da capital pernambucana
+
Presidente da FIFA e ministro do Esporte participaram da abertura do Seminário de Gestão Esportiva da Fundação Getúlio Vargas, nesta quarta, no Rio de Janeiro
+