PM do Distrito Federal terá dois novos veículos blindados para os megaeventos esportivos

29/05/2013 - 14:34
Eles serão usados em caso de controle de manifestação na Copa das Confederações e no Mundial de 2014. Na simulação realizada nesta quarta-feira (29.05), ação durou menos de 10 minutos

Hmenon Oliveira/ GDF#

O Batalhão de Choque da Polícia Militar do Distrito Federal passa a contar com dois novos veículos blindados. Exclusivo no Brasil e no mundo, o modelo dos veículos foi projetado em São Paulo especialmente para uso em grandes eventos e manifestações. Os blindados são equipados com canhões d’água e câmeras de monitoramento externo. Um deles já entrou em ação no domingo (26.05), durante o jogo Santos x Flamengo, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

“Levamos um dos veículos, que ficou do lado de fora fazendo imagens do público, identificando possíveis ocorrências e alertando os policiais que faziam a ronda”, explicou o comandante do Batalhão de Choque e responsável pelos blindados, capitão Bruno Rocha. “Na Copa das Confederações e na Copa do Mundo, vamos atuar com os dois”, informou.

Características

Um blindado pesa 18 toneladas e possui capacidade para 4 mil litros de água. O motor, construído especificamente para o veículo, tem força de 440 cavalos. O veículo transporta 21 policiais confortavelmente acomodados e é adaptado com uma tecnologia especial, uma espécie de manta que encobre o pneu em caso de furos e permite que ele rode até 80km nessa condição.

Além do canhão d’água, os blindados têm um mecanismo que libera água em torno de todo o veículo para evitar danos causados pelo fogo. O investimento foi de R$ 3,25 milhões. “Nossa missão é dispersar as pessoas, sem uso da força, nos casos em que não houver mais possibilidade de negociação. E esses equipamentos potencializam esse trabalho”, afirmou Bruno Rocha.

Simulação

A simulação desta quarta-feira (29.05) incluiu manifestantes que bloquearam uma via com caixas e pedaços de madeira, impedindo o acesso de veículos.

Não tendo sucesso na negociação, policiais do Patrulhamento Tático Móvel  avançaram e lançaram granadas de efeito moral e tiros de borracha, sem risco para os participantes. Como a resposta dos populares foi atirar objetos contra a tropa, os blindados entraram em ação com os jatos d’água para afastar o grupo. Toda a ação ocorreu em menos de 10 minutos.

Fonte: GDF
 

Notícias Relacionadas

No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Aeroportos, segurança pública e atrativos turísticos têm mais de 80% de aprovação entre os profissionais de imprensa
+
Ao todo, 1,6 milhão de passageiros passaram pelos terminais entre 10/6 e 13/7. A cada 10 passageiros que desembarcaram no país, um passou pela capital
+