Policiais baianos são capacitados em treinamento antibomba

22/11/2011 - 18:39
Curso promovido pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia vai até 04.12 e tem cooperação de agentes espanhóis

Policiais militares, civis e do Departamento de Polícia Técnica iniciaram, na manhã de segunda-feira (21.11), o curso “Jornadas Técnicas Sobre Explosivos”, ministrado por integrantes do Cuerpo Nacional de Policía da Espanha. Promovido pela Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP), a partir de uma parceria com o governo espanhol, o treinamento tem como base noções gerais sobre explosivos, capacidade de prevenção, tomada de decisões e capacitação técnica.

Dividido em parte teórica e prática, o curso se estenderá até 4 de dezembro e terá como participantes oficiais da PM, delegados, investigadores e praças, todos componentes de unidades especializadas, que já lidam diariamente com situações envolvendo artefatos explosivos, ou em setores de fiscalização de produtos controlados.

Preparação

Criado em 1975, o curso de formação em Técnico Especialista em Desativação de Artefatos Explosivos, conhecido pela sigla espanhola TEDAX, trabalha com duas vertentes: prevenção e medidas a serem adotadas em situações de risco.

“Adquirimos experiência devido aos ataques do grupo ‘Pátria Basca e Liberdade’, o ETA, e das ameaças de atentados químicos com a bactéria Anthrax, após os ataques de 11 de setembro de 2000, em Nova York”, explicou o inspetor Jorge Matías Morato Arnanz, integrante da polícia espanhola e técnico em explosivos.

Ele ressaltou que, nos próximos cinco anos, o Brasil estará no foco das atenções devido à realização dos Jogos Mundias da Juventude (2013), Copa das Confederações (2013), Copa do Mundo (2014) e Olimpíadas do Rio de Janeiro (2016). “E, mesmo não tendo sido vítima de atentados terroristas na sua história nem descoberto qualquer tipo de supostos ataques programados para esses períodos, é necessário se preparar”.

Leia a notícia completa

Secom/ BA

Notícias Relacionadas

Estudo revela que a ocupação hoteleira na cidade bateu recordes, chegando a 72,26% no período do Mundial
+
Cidade hospedou campeões mundiais durante a Copa do Mundo e recebeu legados como Centro de Treinamento e promoção da imagem local
+
Foram registradas 5.185 demandas nos aeroportos e 75 nos estádios das 12 cidades-sede
+
Tour 100% apresenta os bastidores do equipamento multiuso aos visitantes
+