Portugal se despede com vitória sobre Gana e gol de Cristiano Ronaldo

26/06/2014 - 15:06
Melhor jogador do mundo fez um na vitória por 2 x 1. Africanos também estão fora

Foto: Getty Images#

Portugal e Gana deram adeus à Copa do Mundo da FIFA 2014. Os portugueses venceram os africanos por 2 x 1 nesta quinta-feira (26.06), no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. Mas a vitória dos europeus não foi o suficiente para assegurar a classificação para as oitavas de final, mesmo com a derrota dos Estados Unidos para a Alemanha por 1 x 0. Os norte-americanos ficaram com a vaga pelo saldo de gols.

A partida teve o astro Cristiano Ronaldo como protagonista. O melhor jogador do mundo fez seu primeiro e único gol na Copa, mas perdeu pelo menos três oportunidades claras de garantir um placar mais elástico. Eleito o melhor jogador do confronto, o craque português saiu de campo com impressionantes nove finalizações a gol.

Para os africanos, a derrota foi ainda pior. Quando a partida estava empatada em 1 x 1, bastava aos africanos virar o jogo para tirar a classificação dos Estados Unidos. Mas quando estavam melhores no duelo, os ganeses viram justamente o gol de Cristiano Ronaldo encerrar qualquer sonho após falha do goleiro.

» "Demos o nosso melhor e saímos de cabeça erguida", diz Cristiano Ronaldo

Primeiro tempo

Tanto portugueses quanto ganeses dependiam de uma vitória para ter esperanças de avançar para as oitavas de final. Isso deixou o jogo aberto, mas as duas equipes não demonstraram muito poder de criação e finalização. Nos primeiros minutos, os times insistiram em lançamentos e cruzamentos na área. Foi assim que surgiram as melhores jogadas.

Foto: Getty Images#

Aos 4 minutos, Cristiano Ronaldo cruzou a bola da direita e quase pegou o goleiro de Gana desprevenido. A bola bateu no travessão e saiu. Aos 11, o melhor jogador do mundo cobrou falta com perigo e Dauda espalmou para escanteio. A melhor chance veio aos 19. João Pereira cruzou na medida para CR7, que cabeceou sozinho, da pequena área, nas mãos de Dauda, que salvou mais uma vez.

De tanto insistir, os portugueses foram recompensados aos 29. Miguel Veloso cruzou mal e o zagueiro Boye se complicou. Sozinho, ele tentou afastar o perigo, mas a bola bateu em seu joelho e foi para trás, encobrindo o goleiro e entrando no canto. 1 x 0 Portugal. Aos 44, Boye quase fez o segundo contra após cruzamento de Nani, mas a bola foi por cima do gol.

Segundo tempo

Mesmo com a vantagem, Portugal precisava de mais gols caso quisesse se classificar. Por isso, os europeus foram para cima depois do intervalo. Logo aos 3 minutos Nani teve uma boa oportunidade. Ele bateu de primeira de fora da área, mas a bola desviou em Boye e subiu, saindo em escanteio.

Atrás no placar, a seleção de Gana também corria atrás da classificação, mas não conseguia assustar de fato o goleiro Beto. Aos 12 minutos, os africanos chegaram ao gol em grande jogada de Ayew. Ele cruzou com estilo na cabeça do artilheiro Gyan, que completou de cabeça para deixar o jogo empatado. Cinco minutos depois, os ganeses poderiam ter virado a partida. Gyan chegou ao fundo e cruzou na cabeça de Waris, que cabeceou livre na pequena área, mas jogou para fora. Com a vitória parcial da Alemanha sobre os Estados Unidos na outra partida, Gana só precisava vencer Portugal para se classificar.

Em situação complicada, os portugueses sentiram o golpe. Com a possibilidade de classificação mais perto, os ganeses se animaram e foram para cima em busca da virada. Sempre buscando as jogadas pela lateral, o alvo dos cruzamentos era Gyan, que perdeu boa chance aos 32 minutos.

Aos 36 minutos, os africanos cometeram mais um erro na defesa que custou caro. Nani cruzou e o goleiro Dauda deu um tapa esquisito na bola, que caiu nos pés de Cristiano Ronaldo. De esquerda, o melhor do mundo fez seu primeiro gol no Mundial e recolocou os europeus na frente. Três minutos depois, o camisa 7 teve outra excelente oportunidade. Após tabelar com Miguel Veloso, o atacante recebeu livre dentro da área e tentou colocar no canto esquerdo de Dauda, que se recuperou do erro e fez grande defesa.

Nos últimos minutos, Portugal exerceu grande pressão nos ganeses e Cristiano Ronaldo perdeu duas oportunidades claras de gol. A primeira delas completando de esquerda bom cruzamento de Nani para fora. A segunda após bom lançamento, em que ele recebeu cara a cara com o goleiro, mas Dauda defendeu mais uma vez.

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Estrangeiros e brasileiros de outras partes do país visitam marcos arquitetônicos da capital federal
+
Profissionais federais e distritais trabalharão juntos em evento que terá 19 chefes de Estado
+