Presidente da FIFA afirma que deixa o Brasil feliz e muito otimista para 2014

01/07/2013 - 12:55
Joseph Blatter comentou a energia "excepcional" do Maracanã, exaltou a qualidade do evento e definiu o torneio não como um teste, mas um verdadeiro festival de campeões

Foto: Danilo Borges/Portal da Copa#O presidente da FIFA, Joseph Blatter, abriu na tarde desta segunda-feira (01.07), no Rio de Janeiro, um encontro que reúne representantes da FIFA, do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo (COL) e do governo federal para traçar um balanço da Copa das Confederações, encerrada no domingo com a vitória do Brasil por 3 x 0 sobre a Espanha, no Maracanã. Foram 16 partidas entre oito seleções, com o  tetracampeonato brasileiro. Antes, a Seleção havia vencido em 1997, 2005 e 2009.

"Somos fãs do futebol e o que vi ontem nunca tinha visto. Certamente há diferentes condições que precisam existir para que eventos como esse sejam realizados, mas certamente o Maracanã tem algo de excepcional. É possível compará-lo a um templo. E ontem pudemos compartilhar essa sensação", afirmou Blatter, que ressaltou a presença dos atuais campeões mundiais e os pentacampeões, a torcida cantando o hino até o fim da primeira parte, mesmo depois de o sistema de som silenciar, e o bom desempenho dos árbitros. "A final aqui no Brasil ajudou a escrever a história. A Copa das Confederações não foi um ensaio para a Copa, mas um verdadeiro torneio de campeões", disse.

Blatter fez questão de ressaltar a qualidade do esquema de segurança montado para o evento e falou que o legado efetivo virá no ano que vem, com a Copa do Mundo da FIFA 2014. "Quero elogiar muito o trabalho da segurança, o profissionalismo e a colaboração de todos, que nos permitiu uma competição fabulosa. Vou embora feliz e muito otimista para o ano que vem. Antes da Copa ainda teremos o sorteio final, na Bahia, e a reunião do Comite Executivo, que permitirá um novo contato direto com o governo brasileiro", disse.

Leia também:

» Para ministro do Esporte, país soube responder ao desafio de organizar a Copa das Confederações

» Para secretário executivo do Ministério do Esporte, sensação é de dever cumprido

» Para Valcke, Copa das Confederações mereceu nota entre oito e dez

» Primeira fase de venda de ingressos para a Copa terá início em 20 de agosto

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Mais de dois mil itens, entre televisores, computadores e telefones celulares, serão entregues a 64 escolas das doze sedes, além de 26 organizações não-governamentais
+
No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+