Presidente da FIFA manifesta pesar com a tragédia em estádio no Egito

02/02/2012 - 10:53
Confusão após partida entre Al Ahly e Al Masry, em Port Said, resultou na morte de 73 pessoas e feriu dezenas

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, divulgou uma nota de pesar em função das 73 mortes confirmadas após uma confusão na partida entre o Al Ahly e o Al Masry, em Port Said, no Egito

"Fiquei chocado e entristecido esta tarde ao saber que um grande número de torcedores morreu ou se feriu após uma partida em Port Said, no Egito. Os meus pensamentos estão com as famílias daqueles que perderam suas vidas nesta tarde. Este é um dia lamentável para o futebol. Uma situação tão catastrófica é inimaginável e não deveria acontecer", afirmou Blatter.

Depois de trocarem provocações durante a partida, os torcedores entraram em confronto no gramado após o apito final do confronto, vencido pelo Al Masry por 3 x 1. Na manhã desta quinta-feira, houve protestos no Egito. As autoridades do país decretaram luto oficial.

Manifestantes interromperam o tráfego nas principais avenidas do Cairo, a capital. O local se tornou o símbolo da contestação nacional desde a renúncia do ex-presidente Hosni Mubarak, no ano passado.

Não há números precisos sobre a quantidade de feridos. A imprensa egípcia informa que são dezenas.

Fontes: FIFA.com e Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Cooperativas de catadores atuaram nos 12 estádios do Mundial para a recuperação e separação dos resíduos deixados pelos torcedores durante os jogos
+
Joseph Blatter e Jérôme Valcke elogiaram a organização do Mundial e a hospitalidade do povo brasileiro
+
Votação popular feita por meio do site da FIFA incluiu Neymar, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo na equipe ideal do torneio. Os argentinos Messi e Di María e o colombiano James Rodríguez também aparecem
+
O artilheiro do Mundial com seis gols ainda alcançou a terceira posição com o tento anotado contra o Japão, em enquete promovida pela FIFA
+