Proteção militar terá mais de 3 mil homens em Fortaleza para a Copa

21/05/2014 - 12:57
Forças Armadas iniciam, nesta quinta-feira (22.05), as operações de segurança na capital cearense. Mais de 40 pontos estratégicos serão monitorados pelos militares durante o Mundial

Mais de 3 mil homens das Forças Armadas iniciam, nesta quinta-feira (22.05), as operações de segurança em Fortaleza para a Copa do Mundo da FIFA 2014. Ao todo, 42 pontos considerados estratégicos serão monitorados por militares do Exército, Marinha e Aeronáutica, incluindo o Aeroporto Internacional Pinto Martins, o Porto do Mucuripe e as estações elétrica e de tratamento de água, além de pontos de telecomunicações da cidade. Fortaleza receberá seis jogos do mundial - quatro na primeira fase, uma partida das oitavas-de-final e outra das quartas-de-final.

De acordo com a 10ª Região Militar, a segurança em Fortaleza terá o reforço de homens deslocados do Maranhão, Piauí, Pernambuco, Goiás, Distrito Federal, Paraíba e Rio de Janeiro. “A tropa está pronta para essa missão e responderá a qualquer demanda. A Copa é um dos eventos de maior atenção para todo o mundo e qualquer ameaça compromete a imagem do evento e do País”, ressaltou o general Carlos Cesar Araújo Lima, comandante da 10ª RM.

O esquema é semelhante ao utilizado no ano passado durante a Copa das Confederações. Os órgãos de segurança pública estadual (polícias Militar e Civil) ainda não divulgaram o efetivo que será usado durante o torneio.

A operação militar se estenderá até o dia 16 de julho, três dias após a final do Mundial, e será aproveitada para a proteção do encontro do bloco econômico formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (Brics). A capital cearense receberá chefes de estado dos cinco países nos dias 15 e 16.
No caso do espaço aéreo da cidade, a restrição será diferenciada em cada período do Mundial. Na primeira fase, a interdição aérea começará uma hora antes dos jogos e terminará três horas depois. Nas partidas das oitavas e das quartas-de-final, a proibição irá até quatro horas após os duelos.
Modernização.

Para receber autoridades e chefes de estado durante a Copa do Mundo, a Base Aérea de Fortaleza passou por intervenções recentemente. A sala de desembarque, por exemplo, foi modernizada e ampliada para receber até 80 pessoas simultaneamente. A Base terá a função de defesa do espaço aéreo na região e contará com aeronaves de combate, como caças F-5.

“Temos uma expectativa positiva (para o Mundial) porque nos preparamos para isso. O planejamento foi feito com a identificação das necessidades, a capacitação de pessoal e a simulação das ações”, disse o tenente-coronel Cláudio Sampaio, comandante da Base Aérea de Fortaleza.

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza (CE)

Notícias Relacionadas

Aeroportos, segurança pública e atrativos turísticos têm mais de 80% de aprovação entre os profissionais de imprensa
+
Ao todo, 1,6 milhão de passageiros passaram pelos terminais entre 10/6 e 13/7. A cada 10 passageiros que desembarcaram no país, um passou pela capital
+
Principais emissores de turistas foram Argentina, Chile, Colômbia e Estados Unidos
+