Quinto vídeo da série "Minas na Copa" apresenta os famosos "botecos" de Belo Horizonte

22/05/2014 - 14:48
Filme destaca as variadas opções de bares e restaurantes na capital mineira: são mais de 12 mil estabelecimentos para todos os gostos e bolsos

Famosa pela quantidade e qualidade de seus “barzinhos”, Belo Horizonte terá, nesta área, mais um atrativo para turistas estrangeiros e brasileiros durante a Copa do Mundo de 2014. São mais de 12 mil opções de bares e restaurantes na capital, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Minas Gerais (Abrasel-MG). O tema é destaque no quinto vídeo da série Minas na Copa, que está sendo produzida pela Superintendência Central de Imprensa do Governo de Minas, por meio do Núcleo de Rádio e TV.

As opções estendem-se a todos os gostos e bolsos, e encontram-se em todas as regiões da capital. Quitutes típicos da gastronomia mineira, acompanhados pela apreciada cerveja gelada, mesas e cadeiras nas calçadas e o ambiente informal e aconchegante dão o tom dos estabelecimentos.

O total de bares da capital representa o equivalente a um estabelecimento para cada 225 habitantes, que seguem a tradição e o ditado popular consagrado entre os mineiros: “Já que Minas não tem mar, vamos para o bar”.

Os vídeos da série Minas na Copa são disponibilizados semanalmente, às quintas-feiras, e a série segue até o dia 12 de junho, data da abertura da Copa do Mundo.

Serão oito vídeos no total, com temas como futebol arquitetura, cultura e turismo. A série começou com um vídeo sobre o Mineirão, o palco de Minas na Copa. No segundo episódio, o Mercado Central de Belo Horizonte foi o tema, e a gastronomia foi retratada no terceiro. O quarto vídeo mostrou o Circuito Cultural Praça da Liberdade.

Fonte: Agência Minas

Notícias Relacionadas

Aeroportos, segurança pública e atrativos turísticos têm mais de 80% de aprovação entre os profissionais de imprensa
+
Ao todo, 1,6 milhão de passageiros passaram pelos terminais entre 10/6 e 13/7. A cada 10 passageiros que desembarcaram no país, um passou pela capital
+
Principais emissores de turistas foram Argentina, Chile, Colômbia e Estados Unidos
+