Recife Antigo ganha festival gastronômico dedicado à Copa do Mundo

29/06/2014 - 16:43
Com participação de 18 chefs mostrando especialidades dos países do mundial, Festival Gastronomia Show de Bola no Centro do Recife aquece para o jogo Costa Rica e Grécia

Foto: Rafael Dias, do Centro Aberto de Mídia em Recife#O sítio histórico do Bairro do Recife, também conhecido como Recife Antigo, já está no aquecimento para a partida de daqui a pouco entre Costa Rica e Grécia. A Arena Pernambuco fica a 20 km do tradicional bairro, mas a animação já toma conta com bares tomados por turistas, música eletrônica na Fifa Fan Fest e até festival gastronômico.

Idealizado pela Associação Brasileira de Bares de Restaurantes de Pernambuco, com apoio da Prefeitura do Recife, o Festival Gastronomia Show de Bola reúne 18 chefs pernambucanos que prepararam pratos em alusão aos países participantes da Copa do Mundo do Brasil.

O festival foi aberto na noite de sábado na tarde deste domingo (29.06) já recebe um público grande na via de acesso à Praça do Arsenal da Marinha, no centro de Recife. Os pratos de degustação custam entre R$ 5 e R$ 10. "O festival está encantando todo mundo. As pessoas vêem os chefs aqui no local e têm a chance de saborear alta gastronomia em plena na rua", explica o diretor executivo da Abrasel-PE, Valter Jarocki.

Entre os chefs participantes estão André Falcão e Duca Lapenda, que prestam tributo à Itália com as receitas de gnocchi de batata doce com ragu de linguiça defumada e com o risotto alla bolonhese. Lembrando a Coreia do Sul, Luciana Sultanum e Renata Valença preparam sanduíche de frango oriental com crispy de bifum. Alcindo Queiroz, do Patuá Restaurante, de Olinda, trouxe a paella valenciana em homenagem à Espanha.

Para a chef Taciana Teti, esta é uma oportunidade para aproximar a gastronomia das pessoas. "Faltava um evento desse no Recife, com o povo na rua experimentando e confraternizando. Está tudo muito bonito. Para a gente também é muito bom, porque estabelece uma aproximação maior com as pessoas", disse Taciana, que fez menção à equipe de Cristiano Ronaldo e cia com o seu Arroz de bacalhau à farofa de pão de alho.

Este é o "segundo tempo" do festival, que termina esta noite. O primeiro braço do evento ocorreu antes da Copa do Mundo, entre 23 e 24 de maio, com a participação de 14 chefs. O dentista Robson Queiroz, 43 anos, estava na Fifa Fan Fest, no Cais da Alfândega, e resolveu testar novos sabores. "Soube desse festival, deu fome e vim para cá. O preço é ótimo, assim como os restaurantes participantes", comentou o torcedor brasileiro, que provou o Cevichi de pescado com guacamole, do chef Biba Fernandes, do restaurante Chiwake.

Rafael Dias, do CAM Recife

Notícias Relacionadas

Aumento no movimento de bares foi, em média, de 25% durante os jogos
+
Tarifa é de R$ 2,15 e os usuários que desejarem experimentar o novo modal poderão utilizar o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM)
+
Espaços oferecem entretenimento, local para descanso, informações turísticas, internet wifi e outras comodidades para os viajantes. No Santos Dumont, 26,8 mil pessoas aproveitaram a estrutura oferecida
+
Antes do sufoco da classificação diante da Costa Rica, na última partida da Fonte Nova no Mundial, torcedores promoveram a segunda Orange Square
+