Professor da UnB vê potencial de legados em quatro eixos

22/06/2012 - 16:59
Neio Campos foi um dos presentes ao painel sobre oportunidades e inovação para as cidades-sede, na Rio+20

Foto: Márcia Maia/Tourisnews - Divulgação#Fazer com que a população perceba o significado, a relevância e o valor dos megaeventos esportivos é um dos desafios importantes na organização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016. A opinião é do professor Neio Campos, diretor do Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília (UnB), e foi expressa durante painel para debater inovação e oportunidades para as cidades-sede, na Rio+20.

Os possíveis legados, segundo ele, podem ser agrupados em quatro grandes eixos, que incluem fortalecimento do planejamento e da gestão urbana, fomento à economia local e regional, melhoria da qualidade de vida e promoção da participação cidadã. Para atingi-los, ele aponta como elementos importantes a homologação do Estatuto da Cidade, a aprovação de marcos regulatórios de saneamento, de resíduos sólidos e da mobilidade urbana e a ênfase na inclusão social e na distribuição de renda.

 “O êxito desses grandes eventos está ligado a essa dinamização que a sociedade pode ter. Ela tem que se sentir responsável como promotora. Além disso, não existe necessidade de criarmos nada novo. O que precisamos é efetivar, do ponto de vista do desenvolvimento urbano, a operacionalização do planos diretores, que apontam para onde são os eixos de crescimento. E agregar a isso a agenda ambiental. A cidade é um produto de construção do social. Não é a realização do mercado apenas”, reforçou.

Leia também:
» Secretário executivo do Ministério do Esporte reforça legados e oportunidades geradas pela Copa do Mundo de 2014
» "Não se pode desperdiçar o dia seguinte à Copa", diz especialista do BID
» Estratégia de sustentabilidade da Copa do Mundo da FIFA 2014 é apresentada na Rio+20
» Arenas verdes do Brasil serão modelo para próximas copas

 

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Ministro Gilberto Carvalho apresentou os investimentos do Governo Federal com a Copa no evento “Diálogos: Governo-Sociedade Civil Copa 2014”
+
Selecionados receberão aviso por e-mail a partir desta segunda-feira, 21.04. Capacitação nas cidades-sede é a última fase de preparação para a atuação na Copa
+
Participantes poderão concluir todos os módulos da capacitação a distância até o dia 18 de abril. Assiduidade e desempenho serão os principais fatores na seleção para o treinamento presencial
+
Treinamentos serão coordenados pela Universidade de Brasília, mas contarão com o apoio de outras 17 instituições públicas de ensino, além do Corpo de Bombeiros Militar e centros de voluntariado
+