Rússia e Coreia estreiam na Arena Pantanal, em Cuiabá

17/06/2014 - 12:31
Seleções são as duas últimas a jogar pela primeira fase. Plano de mobilidade urbana será reforçado e bloqueio nas vias dos arredores da arena, antecipado

Foto: Divulgação#Rússia e Coreia do Sul, as duas últimas seleções a estrear na Copa do Mundo FIFA 2014, entram em campo nesta terça-feira (17.06), em confronto agendado para as 18h, na Arena Pantanal, em Cuiabá. A partida é válida pelo Grupo H. Será o segundo jogo entre as seleções na história. No primeiro, um amistoso disputado no ano passado, em Dubai, vitória russa por 2 x 1.

Do lado sul-coreano, a aposta é na força do conjunto e na entrega dos jogadores. Os asiáticos, que fizeram a reta final de preparação em Foz do Iguaçu, chegaram a Cuiabá no domingo (15.06) e, no mesmo dia, realizaram atividades no Centro de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

De acordo com o brasileiro Denis Iwamura, 36 anos, auxiliar-técnico e analista de desempenho da seleção da Coreia do Sul, a equipe, que disputa sua oitava Copa do Mundo consecutiva, prevê um jogo equilibrado contra a Rússia e está bastante preparada, física e emocionalmente.

"Estão todos motivados e confiantes. Fizemos uma boa preparação e os jogadores e comissão técnica encontram-se focados no objetivo, que é chegar à segunda fase", afirmou.

A principal esperança sul-coreana está no meia Son Heung-Min, que joga no Bayer Leverkusen, da Alemanha. O time do técnico Hong Myung Bo deverá ter como titulares em Cuiabá: J. Sung-ryong; L. Yong, K. Tae-hwi, K. Young-gwon e K. Chang-soo; K. Sung-yeung, H. Kook-young e Ji DongWon; K. Shinwook, S. Heung-min e K. Ja-cheol.

Experiência no banco

Já a seleção da Rússia, que é dirigida pelo experiente treinador italiano Fabio Capello, chama a atenção por ser a única entre as 32 seleções desta Copa a possuir apenas jogadores que atuam no próprio país.

País sede da próxima Copa, a Rússia chegou ao Mundial após realizar boa campanha nas eliminatórias europeias, onde terminou em primeiro lugar na chave - à frente de Portugal.

A Rússia deve estrear com Akinfeev; Berezutskiy, Ignashevich, Eshchenko e Schennikov; Zhirkov, Semenov e Fayzulin;  Denisov, Shatov e Kokorin.

Cerca de 10 mil torcedores russos e sul-coreanos são esperados em Cuiabá para prestigiar a partida.

Plano de Mobilidade

A utilização do transporte coletivo desponta como o principal meio para o acesso à Arena Pantanal. Para esta terça-feira, haverá reforço de 110 ônibus, totalizando 319 coletivos com a finalidade exclusiva de fazer o transporte dos torcedores até o estádio, em virtude do jogo da Seleção Brasileira - que acontece horas antes à partida na arena.

Somente entre o trajeto Fan Fest-Arena Pantanal serão 10 ônibus a mais, passando de 14 para 24 veículos. Dessa forma, os torcedores poderão assistir ao jogo entre Brasil e México, às 15h, na Fan Fest, e do local seguir de transporte coletivo até o estádio, onde acontece o duelo entre Coreia do Sul e Rússia, às 18h.

Os ônibus que levam os passageiros até a arena contemplam hotéis, bares, restaurantes, aeroporto, rodoviária, regiões centrais e arredores. Informações sobre as linhas especiais com destino à Arena Pantanal podem ser encontradas no Guia do Espectador e também no "Cuiabá Cultural", aplicativo para smartphone que pode ser baixado gratuitamente pelo GooglePlay, que reúne detalhes a respeito da cidade no período do Mundial.

Veículos

Quem quiser ir de carro deverá deixar os veículos em estacionamentos privados e seguir de ônibus, ou a pé, até o estádio. Portadores de Necessidades Especiais poderão contar com um serviço de transporte diferenciado até a arena, a partir das estações temporárias, que ficam a 1 km do estádio. As estações temporárias são os locais onde os passageiros são deixados para a caminhada até a arena.

A prefeitura de Cuiabá informou que, nesta terça, a proibição do acesso de veículos não autorizados, num raio de até 1 km a partir do centro do estádio, se inicia a partir das 7h, cinco horas antes do que o estipulado na primeira partida - realizada na última sexta-feira (13.06) -, no intuito de aprimorar os trabalhos de reordenamento do tráfego. O bloqueio poderá durar até duas horas após o jogo.

Helson França, do Portal da Copa em Cuiabá 

Notícias Relacionadas

Capital do Mato Grosso contou com a atuação de 357 voluntários, em locais como aeroporto, rodoviária, Arena Cultural, entorno da Arena Pantanal, FIFA Fan Fest e Centro Aberto de Mídia
+
Dilma Rousseff ainda convidou os turistas para que retornem para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro
+
Espaços oferecem entretenimento, local para descanso, informações turísticas, internet wifi e outras comodidades para os viajantes. No Santos Dumont, 26,8 mil pessoas aproveitaram a estrutura oferecida
+