Sistema de Transporte de Curitiba terá condições de conduzir até 27 mil passageiros por hora ao estádio

07/04/2014 - 19:44
Nos dias de jogos da Copa do Mundo, será montado esquema especial de trânsito e mobilidade urbana para torcedores acessarem a Arena da Baixada

Fotos: Divulgação Prefeitura de Curitiba#

A Rede Integrada de Transporte de Curitiba terá condições de transportar até 27 mil passageiros por hora para a Arena da Baixada, nos dias de jogos da Copa do Mundo. A programação especial, feita pela prefeitura e entregue ao Comitê Organizador Local (COL), prevê a criação de cinco linhas especiais e o reforço de cinco linhas do Expresso (BRT) e dos interbairros I e II, num total de 146 viagens por hora.

Se todos os ônibus saíssem do mesmo ponto, o total de viagens representaria um ônibus a cada 40 segundos. A operação especial do transporte coletivo também prevê o atendimento ao público da Fan Fest, com a criação de uma linha especial que sairá da Praça Tiradentes.

Também faz parte da operação a ampliação do número de fiscais do transporte coletivo o que reforça a atuação do Centro de Controle Operacional (CCO), que terá condições de liberar e substituir ônibus ou promover alterações de rota rapidamente, se necessário. A projeção de reforço leva em conta os bloqueios de trânsito em ruas próximas ao estádio e a necessidade de desvios a serem feitos por ônibus. Não haverá bloqueio nas canaletas do sistema Expresso.

Linhas especiais

Nos dias de jogos em Curitiba – 16, 20, 23 e 26 de junho – vão circular as linhas especiais Aeroporto/Boqueirão, Circular Copa; leva e trás Unicuritiba 1 e Unicuritiba 2; e leva e trás PUC-PR.

A Linha Aeroporto/Boqueirão vai fazer a integração do aeroporto com o Eixo Boqueirão, possibilitando acesso à Estação Getúlio Vargas, a um quilômetro do estádio; e à região central da cidade, com paradas no Shopping Estação e na Praça Carlos Gomes. A projeção é de até dez viagens por hora.

As duas linhas de ônibus que já atendem o aeroporto – o Executivo Aeroporto e o Ligeirinho Aeroporto – que hoje atendem em torno de 450 passageiros por hora também serão reforçadas. O reforço das linhas do Executivo e do Ligeirinho e mais a especial Aeroporto/Boqueirão vão garantir o atendimento de até mil pessoas por hora.

Outra linha a entrar em operação nos dias de jogos será a Circular Copa, que vai passar pela região central, nos moldes do Circular Centro, mas fazendo a ligação com o estádio. Ao contrário do Circular Centro, que opera com microônibus, a Circular Copa terá ônibus do tipo comum, com 80 lugares e capacidade para, se necessário, ter um ônibus a até cada dois minutos.

Outras três linhas especiais – nesse caso gratuitas – vão fazer a ligação de estacionamentos que ficarão localizados nos dois campi da Unicuritiba e no campus da PUCPR no Prado Velho. São as chamadas linhas Park and Ride que vão fazer, no sistema “leva e trás” a ligação do estádio com os espaços destinados a torcedores que compraram ingresso com estacionamento e indicado pela FIFA, como jornalistas e técnicos.

A Unicuritiba1 terá oito ônibus articulados que vão trafegar em faixa exclusiva com frequência aproximada de quatro minutos nos horários de maior movimento e operação especial na saída do estádio, podendo ter a saída de um ônibus por minuto. A linha Unicuritiba2 terá cinco ônibus do tipo comum, também em faixa exclusiva, com freqüência aproximada de cinco minutos, podendo chegar a um ônibus a cada dois minutos no horário de saída do estádio.

A Park and Ride PUCPR será feita por seis ônibus do Sistema Integrado de Transporte do Ensino Especial (Sites), sendo três deles adaptados para transportar até dez cadeirantes e outros três em condições de transportar até cinco cadeirantes.

Reforço

A Arena da Baixada fica entre três eixos do sistema Expresso – Norte, Sul e Boqueirão e próximo a quatro estações tubo de biarticulados e de pontos de paradas do Interbairros I, linha circular que conta com dez ônibus híbridos, movidos a eletricidade e combustível.

A projeção feita pela Urbs é de 75 viagens por hora, uma frequência de praticamente um ônibus a cada 30 segundos, nas estações Petit Carneiro, das linhas de biarticulados Pinheirinho e Santa Cândida/Capão Raso; Coronel Dulcídio e Oswaldo Cruz, da linha Santa Cândida/Capão Raso; e estação Getúlio Vargas, onde passam os biartculados na cor vermelha, da linha Boqueirão e biarticulados na cor azul das linhas diretas expressas (Ligeirão) Boqueirão e Pinheirinho/Carlos Gomes.

O reforço nessas linhas vai garantir o atendimento de 18 mil passageiros por hora no deslocamento até o estádio pelo sistema Expresso, o chamado Bus Rapid Transit (BRT).

A operação especial inclui ainda 18 linhas que passam nas avenidas Visconde de Guarapuava e Silva Jardim e nas ruas Chile, Bento Viana, Alferes Ângelo Sampaio, Conselheiro Dantas, Alferes Poli e 24 de Maio. Estas linhas mais o reforço do Interbairros I e especial Circular Copa, vão fazer 103 viagens por hora, com capacidade para atender até nove mil passageiros por hora. Monitoradas pelo CCO elas podem ser reforçadas a qualquer momento que se fizer necessário.

Além de linhas especiais, do reforço em linhas que passam na região do estádio, da ampliação do número de fiscais no sistema e da atuação do Centro de Controle Operacional em condições de promover alterações em questão de minutos, os torcedores vão contar com toda uma rede integrada de transporte. Isso significa que o torcedor chegará ao estádio pagando uma única tarifa saindo de qualquer ponto da cidade ou chegando à Rede Integrada de Transporte a partir de 13 municípios vizinhos.

Com uma frota de 1.930 ônibus, a RIT transporta, por dia, 2,3 milhões de passageiros e atende além de Curitiba, outros 13 municípios da região metropolitana.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Notícias Relacionadas

Mais de dois mil itens, entre televisores, computadores e telefones celulares, serão entregues a 64 escolas das doze sedes, além de 26 organizações não-governamentais
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+
BRT carioca teve seis novas estações inauguradas neste fim de semana e liga a Barra da Tijuca ao aeroporto do Galeão
+
Tarifa é de R$ 2,15 e os usuários que desejarem experimentar o novo modal poderão utilizar o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM)
+