Telebras é contratada para fornecer rede óptica para a Copa do Mundo

02/05/2014 - 15:29
Empresa terá contrato com o Ministério das Comunicações para fornecer serviços de telecomunicações e transporte de dados para a transmissão de áudio e vídeo durante o Mundial, no valor aproximado de R$ 110 milhões

A Telebras enviou comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), informando que, por meio de sua subsidiária Telebras Copa, terá contrato com o Ministério das Comunicações para fornecer serviços de telecomunicações e transporte de dados para a transmissão de áudio e vídeo durante o Mundial, no valor global aproximado de R$ 110 milhões.

A Telebras é a empresa responsável pela construção da rede de fibra óptica que será usada na transmissão de imagens de alta definição (HDTV – vídeo e áudio) entre os Estádios/Arenas e o Centro Internacional de Coordenação de Transmissão (IBC) no Rio de Janeiro.

Atualmente a Telebras trabalha na conclusão do anel óptico que interligará as 12 arenas palco dos jogos da Copa do Mundo ao centro da FIFA no Riocentro (RJ). Na próxima semana será realizado o primeiro teste de capacidade da rede junto com as empresas contratadas pela entidade máxima do futebol para transmissão dos jogos.

Investimentos

Até o mês de março de 2014 a Telebras registrou investimentos de R$ 79,2 milhões com a implantação de infraestrutura de fibra óptica para atender as demandas da Copa. Este valor engloba os dispêndios de 2012, 2013 e os três primeiros meses deste ano. Foram investidos R$ 40,7 milhões em 2012, R$ 29,5 milhões em 2013 e mais R$ 9 milhões nos três primeiros meses de 2014.

A cidade-sede que recebeu mais investimentos, nestes três anos, foi o Rio de Janeiro, com R$ 16,3 milhões, seguida de Belo Horizonte, com 11,8 milhões. Estes investimentos mais altos são justificados porque Belo Horizonte foi a sede do Centro Internacional de Coordenação de Transmissão (IBC) da FIFA na Copa das Confederações de 2013, enquanto o Rio será a sede do IBC na Copa do Mundo de 2014. Este ano, todas as imagens em alta definição dos jogos serão concentradas no IBC do Riocentro.

Essas infraestruturas se incorporam à rede da Telebras como parte das redes metropolitanas e ficam como legado para utilização no Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), além de servirem de base aos demais objetivos comerciais e sociais da empresa pós-Copa do Mundo, a exemplo do que aconteceu com a Copa das Confederações em 2013.

Fonte: Telebras

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+