"Todos os olhos estão voltados para o Brasil", diz Pelé ao inaugurar seu museu em Santos

15/06/2014 - 16:41
Em mensagem enviada por vídeo, presidenta Dilma exalta iniciativa que eterniza a memória de “um dos grandes cidadãos” do país

Aos 73 anos, Pelé, o maior jogador de futebol de todos os tempos, ganhou neste domingo (15.06) a grande homenagem de sua vida. O ex-atleta agora tem um museu só seu em Santos, no litoral Paulista, cidade em que se projetou para o mundo. Com investimentos de R$ 50 milhões, o equipamento cultural conta a história do homem Edson Arantes do Nascimento e do mito Pelé com um acervo de 2.400 peças e muita interatividade.

“Agradeço a Deus por me dar saúde para receber esta homenagem em vida”, disse o Rei do Futebol, num rápido pronunciamento. “Ainda era um menino quando fui à Suécia (no Mundial de 1958) achando que todos sabiam sobre o Brasil. Ao chegar lá, percebi que ninguém conhecia nosso país”, contou. “Hoje, nesta inauguração, tem uma Copa do Mundo aqui e todos os olhos estão voltados para cá”, exaltou.

“Perpetuamos a memória de um dos nossos grandes cidadãos. Os feitos de Pelé estão na nossa história e na lembrança de todos”, afirmou a presidenta Dilma Rousseff em mensagem enviada por vídeo. “Nosso craque merece ser reverenciado, está é uma justa homenagem”, completou.

Presente no evento que abriu o museu, o vice-presidente Michel Temer elogiou a iniciativa e a importância do ex-jogador na promoção do país. “Nós não estamos acostumados a prezar nossas tradições, e agora vejo esse espaço eternizado para o futuro. Daqui a cem anos, Pelé, visitantes vão verificar que seu nome está inscrito na história do país”, disse, dirigindo-se ao anfitrião do dia.

“Aqui imortalizamos a imagem do maior atleta de todos os tempos”, afirmou o Ministro do Esporte, Aldo Rebelo. “Todos poderão conhecer a trajetória desta história”.

Fotos: Rafael Brais/Portal da Copa/ME#

Atrações

O público poderá conhecer o museu a partir desta segunda-feira (16.06), quando o espaço será aberto excepcionalmente, já que seu funcionamento será de terça a domingo, das 9h às 18h – os ingressos custarão R$ 18.

Lá, poderão observar objetos que marcaram a vida e a carreira de Pelé, desde a caixa de engraxate que ele usava na infância em Bauru (SP) para ganhar alguns trocados até uma réplica da taça Jules Rimet entregue especialmente ao ex-atleta.

Uma ala conta com atividades interativas, onde os visitantes poderão ver um holograma de Pelé ou então tentar anotar o milésimo gol como ele fez contra o Vasco, em 1969. Além disso, uma exposição temporária mostra como foram as quatro Copas disputadas pelo Rei, as de 1958, 1962, 1966 e 1970.

“Somos privilegiados por ter jogado com essa fera”, disse o ex-jogador Pepe, um dos grandes parceiros de Pelé no ataque do Santos. “Ficamos eternizados pelo rei da bola”, declarou. “Ele era um jogador único, completo. Ainda é o grande representante do nosso país. É um orgulho fazer parte disso”, completou o ex-volante Clodoaldo.

Leonardo Lourenço, do Portal da Copa em Santos (SP)

Notícias Relacionadas

Estátua de cera do Rei do Futebol foi item do acervo que mais animou jogadores a tirar fotos
+
Joshua é atacante das categorias de base do time santista
+
Crianças entre 7 e 10 anos pediram autógrafos, fizeram apresentações e receberam camisas oficiais de presente
+
Em Santos, coletiva de imprensa da equipe que derrotou o Uruguai na estreia atrai a imprensa de vários cantos do mundo. Próximo duelo será diante da Itália
+