Torcedor brasileiro apoia do começo ao fim e elogia “postura de campeão”

04/07/2014 - 20:51
Desempenho do Brasil em campo contagiou as arquibancadas. Sintonia perfeita entre time e torcida no Castelão

O torcedor brasileiro que foi à Arena Castelão não descansou um minuto sequer na vitória da Seleção por 2 x 1 contra a Colômbia. Embalou o time desde o Hino Nacional cantado à capela, já habitual nos estádios do país. Mas o diferencial estava nas músicas que vinham das arquibancadas: cantos tradicionais de torcidas de clubes foram adaptados para a Seleção. Até o samba enredo de 1993 do Salgueiro, que tem o refrão “Explode coração, na maior felicidade”, foi ouvido durante o primeiro tempo.

O embalo das arquibancadas foi contagiado pelo desempenho do time em campo.  A explosão veio logo no começo da partida, com o gol de Thiago Silva aos 7 minutos. “O Brasil finalmente entrou na Copa. Paulinho e Fernandinho dominaram esse meio de campo. Agora acho difícil alguém segurar a Seleção”, elogiou o professor Félix Matos, de 34 anos. A esposa Maria Antônia acha que faltou apenas o atacante Fred participar mais da partida. “Ele fica muito paradão. Mas valeu a pena. Foi um belo espetáculo dentro e fora de campo”.

Getty Images#Jogadores agradecem o apoio da torcida após a partida: sintonia perfeita em Fortaleza

Para o engenheiro José Carlos Dantas, o Castelão deu hoje uma demonstração de como deve ser o comportamento da torcida no estádio. “Futebol é isso. É cantar o jogo inteiro, é vaiar o adversário, é xingar o juiz. Tem que ser assim”, disse ele, contente com o desempenho brasileiro nos 90 minutos. "Fomos muito bem hoje. Tem tudo para embalar e enfrentar a Alemanha de igual para igual”, afirmou o piauiense, que assistiu hoje sua primeira partida na Copa do Mundo.

O Castelão explodiu com o segundo gol do Brasil, marcado pelo zagueiro David Luiz aos 24 da segunda etapa. Nem o gol colombiano diminuiu o ânimo da torcida brasileira. O alívio veio com o apito final do árbitro e a classificação para as semifinais. “O Brasil foi taticamente e tecnicamente muito bem hoje. Não deu espaço para a Colômbia. Isso sim é postura de campeão”, afirmou o estudante Marcílio Santos. No fim, não poderia faltar o tradicional grito de “o campeão voltou, o campeão voltou!”.

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza 

Notícias Relacionadas

Na arena Castelão, foram 49,4 toneladas, enquanto na Fan Fest foram outras 41,4 toneladas. Atividade envolveu 350 catadores de 17 instituições
+
A atuação de Messi na final da Copa do Mundo não agradou os torcedores, mas craque foi aplaudido quando apareceu no telão após a derrota para a Alemanha
+
Torcedores das duas equipes elogiam clima de festa que permeou a Copa do Mundo no Brasil
+
É a terceira final do torneio entre as duas equipes. Segundo Mundial realizado no Brasil é marcado por chuva de gols, viradas e jogos decididos nos minutos finais
+