Torcedores avaliam plano de mobilidade para a Arena Pantanal

22/06/2014 - 00:26
Público de 40.499 pessoas no jogo entre Bósnia-Herzegovina e Nigéria foi o maior já registrado no estádio desde inauguração

Fotos: Helson França/Portal da Copa#O corretor de imóveis Ismet Kandzic (C) achou tranquilo o esquema de deslocamento: "Foi muito fácil chegar aqui"No evento de maior público desde a inauguração da Arena Pantanal, os 40.499 torcedores presentes à partida entre Bósnia-Herzegovina x Nigéria chegaram e saíram do estádio de forma tranquila. O plano de mobilidade elaborado para o jogo, que prioriza o transporte público foi, no geral, bastante elogiado por aqueles que se deslocaram até o estádio.

A duas horas do início da partida, o movimento do lado de fora do estádio já era grande. Além da população local, que compareceu em peso, bósnios, nigerianos e pessoas de outras nacionalidades vieram em bom número acompanhar o jogo.

Um dos estrangeiros presentes foi o engenheiro civil nigeriano Uche Udemzeque. Pela primeira vez na capital mato-grossense, ele e os três amigos africanos chegaram de ônibus e ressaltaram que não encontraram dificuldades para se dirigir até o estádio.

"Pegamos o ônibus nas proximidades do hotel em que nos instalamos e chegamos até o ponto onde se deve descer para vir andando. Foi bem rápido e simples", afirmou . O engenheiro africano ainda classificou a cidade de Cuiabá como formidável, "embora muito quente ". Durante o dia, os termômeros chegaram a marcar 32°C.

Ele e os amigos seguirão para Porto Alegre para acompanhar a próxima partida da seleção nigeriana, contra a Argentina, na quarta-feira (25.06), mas somente após a visita que pretendem fazer ao Pantanal.

#O engenheiro civil nigeriano Uche Udemzeque (D) não encontrou dificuldades em chegar à arena e planeja uma viagem ao Pantanal antes de seguir para Porto Alegre, palco do último jogo da Nigéria na fase de grupos

Facilidade

Em Cuiabá pela primeira vez também, o corretor de imóveis bósnio, Ismet Kandzic, se disse surpreso com a cidade e organização para o evento. "Foi muito fácil chegar até aqui. Vim de ônibus, como a maioria das pessoas. Não imaginava que a cidade fosse tão grande e há muitos lugares para buscar informações. Tenho me deslocado com facilidade desde que cheguei", contou.

Bastante à vontade, o bósnio, que aterrissou em Cuiabá na última quinta-feira (19.06), disse que tem se sentido em casa, em função da receptividade da população. "As pessoas são acolhedoras, estou adorando", relatou. Ele deve ficar na cidade até segunda-feira para depois seguir para Salvador, acompanhar o jogo de despedida da Bósnia na Copa, contra o Irã, na quarta-feira.

Moradora de Cuiabá, a arquiteta Bruna Salvador, 26 anos, comprou ingressos para os quatro jogos da Copa do Mundo em Cuiabá e também elogiou o plano de mobilidade. “Tem sido muito tranquilo para chegar ao estádio e ir embora. Nas duas vezes anteriores vim de ônibus, hoje vim de táxi e não tive problema algum”.

Nos dias dos jogos, 11 linhas especiais, que totalizam 147 ônibus, voltadas especialmente para o deslocamento dos torcedores até a arena, entram em funcionamento. Os coletivos contemplam 66 hotéis e hostels, 21 bares e restaurantes, três shoppings, aeroporto, rodoviária, “ticket center” (espaço para retirada de ingressos), regiões centrais, dezenas de bairros e Fan Fest.

Arena Pantanal e FIFA Fan Fest

Durante o dia foram registrados 19 atendimentos médicos na Arena Pantanal, por casos leves, como desidratação. Não houve ocorrências na área de segurança. O titular da Secretaria da Copa de Mato Grosso, Maurício Guimarães, disse estar orgulhoso com a forma com que a Copa se desenvolve em Cuiabá. Na Fan Fest de Cuiabá, 13 mil pessoas circularam durante todo o dia. O serviço médico fez 13 atendimentos, sem gravidade.

Helson França, do Portal da Copa em Cuiabá

Notícias Relacionadas

No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Capital do Mato Grosso contou com a atuação de 357 voluntários, em locais como aeroporto, rodoviária, Arena Cultural, entorno da Arena Pantanal, FIFA Fan Fest e Centro Aberto de Mídia
+
Cidade recebeu sete jogos da Copa do Mundo da FIFA 2014
+
Evento na praia de Copacabana reuniu 20 mil pessoas dentro da arena e cerca de outras 20 mil do lado de fora
+