Torcedores poderão entrar quatro horas antes nos estádios das semifinais da Copa das Confederações

25/06/2013 - 14:03
Duelos entre Brasil e Uruguai, em Belo Horizonte, e entre Espanha e Itália, em Fortaleza, estão marcados para as 16h

Os portões das arenas que receberão as partidas das semifinais da Copa das Confederações serão abertos com quatro horas de antecedência. Os confrontos entre Brasil e Uruguai, nesta quarta-feira (26.06), no Mineirão, em Belo Horizonte, e entre Espanha e Itália, na quinta-feira (27.06), no Castelão, em Fortaleza, serão às 16h - ou seja, a partir de 12h o acesso dos torcedores ao estádio estará liberado.

A medida também foi adotada na abertura da competição, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, e será utilizada na decisão, marcada para o domingo (30.06), no Maracanã, no Rio de Janeiro, partidas onde há as cerimônias que marcam o início e o encerramento do torneio. Na disputa do terceiro lugar, também no dia 30 de junho, na Fonte Nova, em Salvador, os portões serão abertos três horas antes do jogo, assim como ocorreu nos demais jogos da primeira fase.

O procedimento foi adotado para as próximas duas partidas para facilitar a operação nas arenas e já estava previsto antes do início da Copa das Confederações. “Gostaria de reforçar que a abertura dos portões nas semifinais serão quatro horas antes das partidas, por questões de operação e para o público poder chagar antes e aproveitar as áreas de entretenimento disponíveis nas arenas”, disse Saint Clair Milesi, diretor de comunicação do Comitê Organizador Local, durante encontro com a imprensa nesta terça-feira (25.06), no Rio de Janeiro.

Outra diferença para as partidas semifinais será a ação da FIFA chamada de “Dias Antidiscriminação”, que ocorre todo ano, em uma das competições da entidade. Antes dos jogos haverá uma cerimônia especial onde os capitães de cada equipe lerão mensagens contra a discriminação.

Leia também:

» Semifinais da Copa das Confederações terão ato contra o racismo

Gabriel Fialho - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Coordenador geral de seleções, Gilmar Rinaldi, confirmou que o Brasil será comandado pelo treinador da equipe de base, Alexandre Gallo, nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Novos membros da comissão técnica serão anunciados em breve
+
O artilheiro do Mundial com seis gols ainda alcançou a terceira posição com o tento anotado contra o Japão, em enquete promovida pela FIFA
+
No total, mais de 3,05 milhões de pessoas se movimentaram pelo país durante o evento
+
Brasil e Argentina se enfrentarão no Estádio Ninho do Pássaro, na capital chinesa
+