Valcke visita Arena Corinthians e pede empenho na reta final até a Copa

19/05/2014 - 16:01
Secretário-geral da Fifa vistoriou estádio após evento-teste na companhia de dirigentes do COL e do clube

Foto: Getty Images#Valcke vistoriou diversos setores da arena, como o gramado e a área destinada à imprensaO Secretário Geral da Fifa, Jérôme Valcke, visitou a Arena Corinthians na manhã desta segunda-feira (19.05), um dia após o evento-teste realizado no palco de abertura da Copa do Mundo do Brasil. Acompanhado de dirigentes do clube e do Comitê Organizador Local (COL), o francês pediu empenho para que o estádio esteja pronto para receber torcedores e mídia no dia 12 de junho, quando o Brasil enfrenta a Croácia em São Paulo.

“A arena de São Paulo ainda precisa de 100% do empenho de todos para garantir a estrutura necessária para a abertura”, escreveu o dirigente em seu perfil no Twitter. “Um evento-teste não se compara em escalas, necessidades e atenção global à abertura da Copa, uma partida que atrai mais de 65 mil pessoas no estádio e um bilhão na TV”, alertou.

Durante a visita, Valcke vistoriou diversos setores da arena, como o gramado e a área destinada à imprensa. Também esteve reunido com representantes do Comitê Paulista.

Na véspera, o Corinthians realizou ali o primeiro jogo oficial do novo estádio, quando a equipe de Mano Menezes foi derrotada pelo Figueirense por 1 x 0. O evento, com quase 37 mil pessoas, foi aprovado pelo COL e por representantes dos comitês estadual e municipal. A questão da mobilidade foi o ponto alto da operação, mas também foram elogiados o gramado, os vestiários e atendimento ao público.

A chuva que caiu forte a partir do fim do primeiro tempo também colocou a cobertura do estádio sob atenção, já que, sem ser finalizada, permitiu que muitos torcedores se molhassem. O responsável do Corinthians pela obra, Andrés Sanchez, afirmou que a cobertura de vidro prevista no projeto será concluída depois da Copa.

Leonardo Lourenço, do Portal da Copa em São Paulo (SP)

Notícias Relacionadas

Equipamentos substituem luminosidade do sol, favorecendo a germinação da grama
+
Estádio da abertura da Copa já rendeu R$ 6,8 milhões aos cofres corintianos, enquanto em 11 partidas como mandante neste ano, fora de Itaquera, o clube arrecadou R$ 3,2 milhões
+
Joseph Blatter e Jérôme Valcke elogiaram a organização do Mundial e a hospitalidade do povo brasileiro
+
Principais emissores de turistas foram Argentina, Chile, Colômbia e Estados Unidos
+