Ponto de referência no exterior

O Amazonas é o maior estado brasileiro e um dos locais mais famosos em todo o mundo por estar localizado em meio à maior floresta tropical do planeta. Com mais de 1,5 milhão de km2, sua área equivale ao território somado da França, Espanha, Suécia e Grécia. Por ser a porta de entrada para a região, Manaus é uma das cidades brasileiras mais conhecidas no exterior. Localizada na junção dos rios Negro e Solimões, foi o centro da cultura da borracha entre 1879 a 1912. Durante essa fase, passou por um grande desenvolvimento econômico, social e cultural que até hoje pode ser observado em monumentos de grande beleza, como o Teatro Amazonas e o Mercado Municipal, dois dos ícones desse momento da história local.

Hoje a cidade equilibra a economia entre a produção industrial e o cuidado com o meio ambiente, que tanto orgulha os manauaras, como são conhecidos os habitantes da cidade. Além da indústria, o turismo, principalmente de negócios e aventura, é outro dos motores econômicos da capital amazonense. Além de uma grande rede hoteleira e de restaurantes onde figuram, com destaque, pratos preparados à base de peixes amazônicos como o tucunaré e o pirarucu, Manaus oferece confortáveis e até luxuosos hotéis de selva localizados na sua área metropolitana, ideais para os amantes da natureza.

Para os praticantes do ecoturismo, poucos destinos são tão encantadores. A cidade conta com importantes parques e reservas e a possibilidade de avistar centenas de espécies típicas da região, como o peixe-boi-amazônico, as araras e centenas de outros. A riqueza hídrica única proporciona fenômenos como o Encontro das Águas, quando as águas barrentas do rio Solimões se misturam às escuras do Rio Negro.

Foto: Embratur#

Principais pontos turísticos

Teatro Amazonas (foto acima)
Construído em estilo eclético, com influências neo-clássicas e greco-romanas, é um dos símbolos da era de ouro da cultura da borracha e a casa oficial da Orquestra Sinfônica do Estado do Amazonas. Passear por seu interior é voltar no tempo em que Manaus era uma das cidades mais desenvolvidas e modernas da América Latina.
Endereço: Avenida Eduardo Ribeiro. Largo de São Sebastião, s/no - Centro
Funcionamento: de 2ª a sábado, das 9 às 17h. Não abre aos domingos
Preço: R$ 10 (estudantes e aposentados pagam meia-entrada)
Acessibilidade: sim
Wi-fi: sim

Centro de Artesanato Branco e Silva
Concentra produtos regionais, de frutos a cestarias. A grande atração do lugar é a gastronomia local. Aproveite para visitar o Café Regional, espécie de café colonial amazonense, com pães, geleias e doces feitos à base de matérias-primas locais e exclusivas. É servido sob encomenda e para grupos de até 30 pessoas e é necessário agendar com antecedência.
Endereço: rua Recife, 1999 - Adrianópolis
Acessibilidade: Sim

Centro Cultural Palácio Rio Negro
Antiga residência de um dos barões da cultura borracheira, sede do governo e residência oficial do governador, é um dos belos exemplares da arquitetura da Belle Époque amazonense. Foi tombado como patrimônio histórico estadual em 1980 e desde 1997 abriga o Centro Cultural, palco de diversas exposições, shows e mostras.
Endereço: Av. Sete de Setembro, 1546 - Centro
Funcionamento: 3ª a 6ª, das 10 às 16h. Domingo, das 17h às 22h. Às segundas-feiras e sábados, fechado para manutenção.
Preço: Gratuito
Acessibilidade: Não
Wi-fi: Sim

Centro Cultural dos Povos da Amazônia
O espaço tem como foco a relação do homem amazônico com o meio ambiente e como isso influencia a cultura local. Oferece uma das mais importantes coleções etnográficas do Brasil, além de documentos, exemplares de arte popular e uma biblioteca cujo foco é a população indígena e ribeirinha.
Endereço: Praça Francisco Pereira da Silva, s/n° (Bola da Suframa) - Crespo
Site: www.povosdamazonia.am.gov.br
Funcionamento: 2ª a 6ª, das 9h às 17h
Preço: Gratuito
Acessibilidade: Sim

Centro Cultural Usina Chaminé (foto acima)
A antiga estação de tratamento de esgoto construída em estilo clássico é hoje um dos mais importantes espaços culturais da cidade. O edifício, que também abriga a Pinacoteca do Estado, foi tombado como Monumento Histórico do Amazonas em 1988 e reformado em 1993.
Endereço: Av. Lourenço da Silva Braga - Centro
Funcionamento: de 3ª a sábado, das 9 às 14h e domingos, das 16 às 20h. Fechado para manutenção às segundas-feiras. 
Preço: gratuito
Acessibilidade: Não

Catedral Metropolitana Senhora da Conceição
Construída em estilo grego e com materiais importados, a catedral é uma das igrejas mais conhecidas do Norte do País. Um museu com peças sacras e imagens também faz parte do edifício.
Endereço: Praça Osvaldo Cruz, s/no - Centro
Preço: gratuito
Acessibilidade: Sim.

Floresta dos Macacos
O local recebe animais em situação de risco e tornou-se um santuário de preservação dos macacos. São quase 300 metros de passarelas suspensas a 10 metros do solo, nas quais se pode vê-los. Em 20 anos de história, o número passou de 15 para mais de 100 primatas protegidos.
Endereço: Rua Silva Ramos, 874
Site: www.ffv.org.br
Funcionamento: diariamente, das 10h30 às 15h30
Preço: sob consulta
Acessibilidade: não

Zôo Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs)
É o maior centro de animais da região amazônica. Possui cerca de 170 animais de 58 espécies. Além de palestras e atividades práticas relativas à preservação do meio ambiente e fauna, também investe na recuperação de animais vitimizados para devolução aos seus habitats naturais. É mantido e administrado pelo Exército Brasileiro.
Endereço: Avenida São Jorge, 750 - São Jorge
Sitehttp://www.cigs.ensino.eb.br/
Funcionamento: de 3ª a domingo, de 9 às 16h30
Preços: R$ 2,50. Crianças até 12 anos não pagam.
Acessibilidade: Não

Bosque da Ciência
Lugar ideal para se conhecer melhor as espécies vegetais e animais amazônicos. O bosque fica na sede do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e foi projetado para preservar parte da rica biodiversidade local.
Endereço: Rua Otávio Cabral, 2936 - Aleixo
Site: www.inpa.gov.br
Funcionamento: de 3ª a 6ª, das 9h às 12h e das 14h às 16h30. Sábados e domingos, das 9h às 16h. Às segundas-feiras, fechado para manutenção.
Preço: R$ 5. Crianças até 10 anos e idosos acima de 65 não pagam.
Acessibilidade: Sim

Jardim Botânico Adolpho Ducke / Museu da Amazônia
Criado em 2000 pela prefeitura da cidade em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), o Jardim Botânico de Manaus está inserido na área da Reserva Florestal Adolpho Ducke, um sítio de 100 hectares de mata nativa na zona Leste de Manaus. Instalado no Jardim Botânico desde 2009, o Museu da Amazônia (Musa) é um museu vivo, no coração da floresta, que convida o visitante a conhecer os resultados das pesquisas na reserva Ducke, estudada há mais de 50 anos, reunidos em exposições temáticas sobre antropologia dos povos indígenas, plantas, musgos, peixes e rãs. Oferece, ainda, passeio guiado em mais de 3km de trilhas com árvores centenárias, viveiro de orquídeas e bromélias e atividades de contemplação da natureza. Obrigatório uso de bota ou sapato fechado para o passeio nas trilhas. Menores de 14 anos devem ser acompanhados por responsável.
Endereço: Av. Margarita, s/n – Cidade de Deus
Site: www.museudaamazonia.org.br
Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 17h
Preço: gratuito
Telefone: 55 (92) 3582-3188
Acessibilidade: não
Wi-fi: sim

Praia da Ponta Negra
Praia fluvial às margens do rio Negro que fica a 13 km do centro de Manaus. Originalmente foi habitada pelos índios Manaó, que deram origem ao nome da cidade. No calçadão é possível caminhar, praticar esportes diversos, além de aproveitar os diversos bares, restaurantes e lanchonetes e ver apresentações culturais no anfiteatro.
Endereço: a 13 km do centro de Manaus. Acesso pela AM-010 e avenidas do Turismo e Coronel Teixeira.

Encontro das Águas (foto acima)
O rio Amazonas é formado do encontro entre as águas dos rios Solimões (barrenta) e Negro (escura), dando origem a um belo espetáculo. Esse fenômeno acontece pelas diferenças de densidade, temperatura e velocidade entre os dois cursos d´água. Os pacotes turísticos normalmente incluem uma visita ao Parque do Janauary. Recomenda-se levar protetor solar e repelente, chapéu ou boné e vestir roupas leves, como bermudas e camisetas.
Site: www.portodemanaus.com.br
Preço: a combinar
Acessibilidade: não


População
: 1.802.014 habitantes
Área: 11.401,077 km2
Código de área: 92
Tensão elétrica: 110 V

Feriados locais
5 de setembro: Comemoração da Elevação do Amazonas à categoria de província
24 de outubro: Aniversário de Manaus
8 de dezembro: Dia de Nossa Senhora da Conceição (padroeira do Estado do Amazonas)

Página oficial da cidade e de órgãos de turismo
www3.manaus.am.gov.br
visitamazonas.am.gov.br

Telefones Úteis

Aeroporto Internacional Eduardo Gomes: (92) 3652-1210 / (92) 3652-1317
Rodoviária: (92) 3632-2568
Porto de Manaus: (92) 3233-7061 / (92) 3088-5769
Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos: (92) 3621-8410 / 0800-725-0100
Pronto Socorro 28 de Agosto: (92) 3656-2417
Pronto Socorro da Criança: (92) 3611-1917
Fundação Instituto de Medicina Tropical: (92) 2127-3555
Serviço de Saúde de Emergência: 192
Polícia Federal: (92) 3655-1515
Delegacia Geral: (92) 3214-2241
Polícia Militar: 190
Bombeiros Militar: 193
Delegacia do Turista: (92) 3233-0739
Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental: (92) 3621-1800

Postos para Câmbio
Casas de câmbio estão disponíveis no centro de Manaus, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e em shoppings da cidade.

Centros de atendimento ao turista - CAT

Aeroporto Internacional de Manaus
Diariamente de 7h às 23h
Av. Santos Dumont, s/n - Tarumã
(92) 3652-1120 / 0800-280-88-20

Próximo ao Teatro Amazonas
2ª a 6ª, das 8h às 17h. Sábados, das 8h às 12h
Av. Eduardo Ribeiro, 666 - Centro
(92) 3622-0767

Amazonas Shopping Center
2ª a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 15h às 21h
Av. Djalma Batista, 482 - Chapada
(92) 3236-5154

Porto de Manaus
Rua Marquês de Santa Cruz, armazém 07 (terminal regional) - Centro

Porto de Manaus
Em operação apenas quando da chegada de navios de cruzeiro
Rua Marquês de Santa Cruz, armazém 10 (terminal internacional) - Centro

Rodoviária – Trailer
2ª a sábado, das 8h às 12h
Rua Recife, s/n - Bairro Flores

Fonte: Ministério do Turismo

Centro Aberto de Mídia – Manaus

Local: Centro Cultural dos Povos da Amazônia - Praça Francisco Pereira da Silva
Funcionamento: De 9 de junho a 27 de junho, das 8h às 20h
Contatos: +55 92 2126-1236 // press@copa2014.am.gov.br